Fui dormir ontem por volta de 00:15. Postei nos stories um compromisso de que hoje eu acordaria as 6 da manhã para ir pra academia.

Não acordei as 6. Acordei 6:40.

Considerando que tinha aula às 8:30, não dava mais tempo de ir pra academia e fazer um super treino de musculação.

💭Pensamento 1: “Já era. Falhei. Amanhã tento de novo.”

💭Pensamento 2: “Não da pra treinar por 1 hora, mas dá pra correr ali na praia por 15 minutos. Vamos?”

Levantamos, fomos. Corremos de verdade por 10 minutos. Caminhamos o restante de volta pra casa. Deve ter dado uns 25 minutos no total.


Tênis, Areia, Praia, Correr

Fomos! E, ao invés de escolher ficar e assumir a falha por completo, decidimos ir e fazer o que dava naquele momento.

Entre zero e 1 hora de treino, fizemos 25 minutos! Fizemos algo! Demos mais um passo em direção a vida que entendemos ideal.

E olha só ☝🏻: Estou falando de um exercício físico, mas o mesmo pensamento vale pro seu sonho de mudar, pra sua dieta, pro conteúdo que você sonha estudar, pro trabalho que você sonha ter.

Pra todas essas situações, você não precisa ser 8 ou 80. Geralmente quem diz ser 8 ou 80 é, na verdade, zero! São pessoas que esperam o 80 pra agir e não reconhecem que o 80 só chega se você age!

Essa é a lógica: ZERO ➡️ 8 ➡️ 80 ➡️ 100!

E a dica de hoje é: Não seja 8 ou 80. Seja o que der pra ser hoje, mas faça algo!

Por menor que seja o avanço, ele está te tirando da inércia e te levando em direção ao objetivo!

💙🤙

Publicado por:Free2BeBlog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.